A Fruta, Inimiga ou Aliada da Definição?

A fruta desperta opiniões diferentes sobre se engorda ou não. Muitos dos defensores da fruta consideram-na apta para dietas de definição mas será que têm ideia de quanto açúcar existe nas frutas que consomem?
25.01.2018



Morangos, bananas, laranjas, kiwi…frutas são considerados uma opção super-saudável para o lanche, mas enquanto as fibras e outros nutrientes que elas contêm são parte importante de qualquer dieta, muitas podem conter grandes quantidades de açúcar. E açúcar em excesso, independente de onde venha, pode ter muitos efeitos negativos. Sim, mesmo o que vem da fruta.

Isso significa que deves parar de consumi-las? Não! Apenas prestar atenção no consumo de açúcar vindo das frutas. Um estudo da American Heart Association aponta como recomendação quanto à quantidade de açúcar 26 gramas para mulheres e 36 gramas para homens – por dia. E para homens e mulheres entre 19 e 30 anos, a recomendação é de duas chávenas de frutas por dia. Mas se escolheres bananas, por exemplo, essas duas chávenas já atingem o máximo de açúcar diário recomendado para homens: 36g.

Alguns estudos sugerem que frutose, o tipo principal de açúcar encontrado nas frutas, pode ser até mesmo mais prejudicial que outros tipos de açúcar. A frutose já foi ligada ao aumento de gordura abdominal, metabolismo lento e ganho de peso geral.

Apesar das frutas poderem apresentar três vezes mais calorias que os vegetais, elas ainda são relativamente baixas em calorias, especialmente se considerarmos que a quantidade alta de água e fibras, promovem uma sensação de saciedade. Quantidades de açúcar encontradas numa chávena dessas frutas bastante comuns: Morango: 7g; Maçã: 13g; Abacaxi: 16g; Laranja: 17g; Banana: 18g; Uvas: 23g. Isto são só alguns exemplos.

No entanto algumas frutas têm tão pouco açúcar e outras características positivas que podem sem problema ser colocadas numa dieta de definição. Além de serem saborosas e repletas dos mais diversos benefícios para a saúde, algumas frutas ainda são aliadas do emagrecimento. Para quem está fazendo dieta para perder peso, alguns desses alimentos são itens valiosos para perder as gordurinhas com saúde e sem sofrer, isso porque, além de comer frutas in natura, é possível preparar uma série de receitas com elas. Vejas quais são as frutas que ajudam a emagrecer:

Maçã
Com alto teor de fibras, a maçã é um dos alimentos que dão saciedade por mais tempo sem engordar. Além disso, a fruta é rica em pectina, uma fibra solúvel que forma uma espécie de gel no estômago e ajuda a diminuir a absorção de gorduras.

Melancia
Um dos benefícios da melancia é que sua composição é 90% água, o que significa que a fruta é altamente diurética e assim, ajuda a diminuir a retenção de líquidos – uma das grandes inimigas da perda de peso. Além disso, a quantidade de calorias que o corpo gasta para digeri-la é maior do que o valor calórico da própria fruta.

Mamão
Entre outros malefícios, a prisão de ventre é uma grande inimiga da dieta. Diurético e rico em fibras, o mamão é a fruta mais reconhecida quando o assunto é regular o intestino. Além disso, a fruta tem poucas calorias e ainda ajuda a controlar a diabetes.

Limão
Muito rico em vitamina C, o limão é um poderoso antioxidante, além de ter pouquíssimas calorias. Um dos truques para emagrecer com ajuda dessa fruta é beber limão com água morna – a mistura é potente para acelerar o metabolismo.

Frutos Vermelhos
Entre os diversos benefícios das frutas vermelhas, está sua baixíssima quantidade de açúcares e hidratos de carbono. Com alto teor de fibras e vitamina C, elas são eficazes para acelerar o emagrecimento, além de serem potentes antioxidantes. Para aproveitar esses benefícios, aposte em: morango, amora, mirtilo e framboesa.

Escrito por:

José Quinta

José Quinta


O que melhorarias neste artigo?




O conteúdo podia ser...





Cancelar

GOSTAS DESTE ARTIGO?