Como tratar uma insolação em casa?

Durante as férias corremos o risco de sofrer insolações, contudo é bom saber que nos podemos tratar rapidamente e mesmo em casa, utilizando os métodos corretos. Aqui tens informação sobre os perigos das ondas de calor e como os tratar em casa.
21.08.2018

insolação


Então, que tipo de problemas podemos ter com o calor?

Com o calor do verão, ficamos mais expostos a vários riscos, mas antes de tentarmos qualquer tratamento, convém identificar qual é o problema em si. Se os sintomas persistirem e não houver melhoria durante mais de 24 horas, convém ir ao médico. Vamos agora observar alguns dos problemas que se pode sofrer com uma onda de calor.

Stress causado por calor a mais

Seja onde for, se a temperatura estiver acima dos 30°C durante muito tempo, irá afetar não só o sono, como também as tarefas normais do dia-a-dia. Ao suar continuamente, o corpo humano perde não só água como minerais importantes, tais como por exemplo o magnésio, o que acaba por provocar alterações de humor, falta de concentração e stress.

 

Exaustão derivada ao excesso de calor

Durante uma onda de calor, ou quando fazemos uma atividade física mais intensa, o coração esforça-se mais para bombear o sangue para os vasos capilares que se situam à flor da pele, a fim de baixar a temperatura do corpo. Para fazer isto, o coração bombeia com mais força, para que o sangue chegue aos vasos dilatados. Quando suamos em demasia, podemos sofrer exaustão por causa do calor, o que pode causar 2 coisas: podemos ficar desidratados ou ficar sem sais suficientes. A exaustão por calor resulta em cansaço, dores de cabeça ou tonturas e um ritmo cardíaco mais elevado.

 

Retenção de calor (hipertermia)

A hipertermia acontece quando o tempo está muito quente e com humidade alta, o que leva a que o suor não evapore da pele e o calor não se dissipe. Para além do ritmo cardíaco mais elevado, há quem fique também com náuseas, vómitos, pele peganhenta e a boca seca.

 

Desmaio por causa do calor (excesso de calor)

Felizmente, esse tipo de desmaios por causa do excesso de calor dura muito pouco tempo (alguns segundos a minutos), uma vez que é facilmente identificado. Uma vez que o coração está a bombear o sangue para as extremidades para tentar baixar a temperatura do corpo, o sangue pode não chegar bem ao cérebro, causando um desmaio. Antes de desmaiar, ficamos com uma sensação de fraqueza, náusea, zumbidos nos ouvidos ou visão turva.

 

Intoxicação por água

Quando se ingere uma grande quantidade de água de uma só vez para repor os níveis de hidratação ou sais, perdidos por desidratação, pode fazer com que os nutrientes no sangue sejam excessivamente diluídos e causar um problema grave, chamado de intoxicação por água. Se o teor de sódio no sangue permanecer baixo durante vários dias, pode resultar em tonturas, fraqueza muscular, fadiga, confusão ou mesmo a perda dos sentidos ou coma.

 

Insolação

Ao passar por uma onda de calor o corpo pode sofrer uma insolação, o que acontece quando a temperatura sobe acima dos 40°C. Em tais casos, uma vez que o corpo não consegue baixar a temperatura, existe uma má circulação, em que ficamos com a pele pálida e fria e com um batimento cardíaco elevado. Nesses casos, deve-se chamar logo uma ambulância, uma vez que as insolações podem acarretar risco de vida e, por conseguinte, devem ser tratadas por um profissional de saúde.

insolação


Então, quais são os sintomas de uma insolação e como é que desenvolvem?

Posto o que foi apresentado acima, é aconselhável procurar uma sombra durante a altura mais quente do dia e evitar a exposição solar prolongada, assim como a prática de desportos.

Contudo, sejamos honestos, quem é que quer estar debaixo de um ar condicionado quando finalmente chegam as férias, em que podemos ir para a praia, nadar na piscina ou apanhar banhos de sol o dia todo, com um delicioso cocktail na mão? É muito natural não haver muita inclinação para seguir os conselhos acima, e em vez disso, procurar voltar de férias com um bom bronze! Contudo, não nos devemos esquecer que os banhos de sol a mais acarretam certos riscos. As insolações não só apresentam vários sintomas, como podem estragar as férias por completo.

Devemos proteger-nos da exposição direta do sol, ou caso contrário, podemos ficar literalmente com a cabeça esquentada, o que claro, depende também da quantidade de cabelo que temos. Por isso é que as crianças pequenas e os idosos correm mais risco de apanhar uma insolação. Quando sofremos uma insolação, a meninge que protege o cérebro aquece demasiado, o que pode causar problemas graves. Por isso é que temos que ter atenção especial e reconhecer os sintomas atempadamente.

 

Sintomas de uma insolação:

  • cabeça vermelha, pele seca e quente
  • batimento cardíaco elevado
  • dor de cabeça
  • sede
  • tonturas, fraqueza, andar cambaleante
  • náuseas, vómitos
  • sensibilidade à luz
  • febre baixa, febre alta
  • em casos mais graves, desorientação no espaço e perda dos sentidos

Técnicas de tratamento rápido em casa para insolações

Geralmente os sintomas surgem ao fim do dia, por isso devemos estar preparados aplicar algumas medidas caseiras. Felizmente, a maior parte dos sintomas melhoram após algumas horas. Então, o que fazer se já sofremos uma insolação e queremos recuperar rapidamente?

  • devemos procurar um local fresco, seco e com sombra.
  • devemos ligar o ar condicionado ou ventoinha para o ar circular
  • usar pouca roupa e que não seja apertada
  • ficar de preferência deitados, com a parte superior do corpo um pouco mais alta
  • colocar uma compressa fria na testa e nos punhos
  • tomar um analgésico para aliviar a dor de cabeça
  • tentar suplementar os sais e minerais perdidos através do suor, por isso, para além de água mineral à temperatura ambiente, deve-se beber bebidas isotónicas ou cápsulas de sais especialmente desenvolvidas para atletas.
  • se tivermos náuseas, podemos sentir também falta de apetite, por isso é boa ideia comer uma barrita de aveia ou preparar um batido substituto de refeição

 

Há também que evitar o seguinte:

  • consumir bebidas alcoólicas
  • bebidas com cafeína
  • fazer exercício
  • usar roupas justas em que não circula o ar - isto em si já ajuda a nos sentirmos melhor

 

Se vais de férias, guarda estes conselhos. Não apanhes sol a mais e evita os escaldões para que possas assim desfrutar de cada minuto das tuas merecidas férias.


O que melhorarias neste artigo?




O conteúdo podia ser...





Cancelar

GOSTAS DESTE ARTIGO?